Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘1’ Category

Um mês sem novidades

Eu não disse que ainda ia quebrar a promessa de escrever sempre?
Simples… É ter milhões de coisas na cabeça.
Quando não é a família é a vida pessoal, e quado não é isso são os pesadelos. Sinceramente? Não lembro da última vez em que fui FELIZ (com letras maiúsculas).
Devo ter cuspido na cruz, usado a tábua dos 10 mandamentos para cortar carne ou o santo sudário como pano de chão.
Sempre quis ser uma pessoa correcta. Nunca tive grandes ambições – minto, tive uma : Estabilidade.
Sempre quis saber com o que podia ou não contar. Isso desde que casei e passei a ter que ser responsável. Porque, antes disso, não queria saber de nada que não fosse EU. Comprava o que queria e na hora em que queria, porque as minhas necessidades básicas seriam sempre supridas por papai e mamãe.
Agora, nos últimos anos, queria apenas uma coisa: estar sossegada no meu trabalho. Onde errei? Será que foi por buscar mais conhecimento? É que, pelos vistos, isso é errado, já que estou a viver a seguinte situação: quanto mais educação, menos oportunidades.
Tá bonito, tá….

Anúncios

Read Full Post »

O Haiti é aqui

Sempre que falam na Tv sobre a tragédia do Haiti lembro dessa música brasileira. Fiquei tristíssima com tudo o que se passou e, se tivesse dinheiro, tinha contribuído.
Mas…
Sinceramente?
Fico penalizada em parte. Sei que não se pode generalizar, e tal… Mas, quando vejo na TV imagens de gente a profanar os mortos em busca de dinheiro e jóias… Não consigo sentir pena. Sei que as ajudas humanitárias não estão a chegar direito, mas isso justifica?
E quando penso nisso e o fel me sobe à garganta, só quero pensar nas crianças e, principalmente, na imagem do Kiki…

Read Full Post »

Das perdas…

Dias muito tristes. Duas pessoas morreram – a irmã de um tio meu e o padrasto do meu marido – e este blog está de luto. Combina com o meu humor e com o próprio tempo.

Read Full Post »

Quase uma directa

A contrastar com ontem, quando dormi demais, hoje quase fiz uma directa. Tudo para ver se consigo regular o sono que, com o raio da quadra festiva, ficou de pernas para o ar. A ver vamos.
Fiquei ultra-feliz com o comentário de Miss Lee. Rapariga adorável, mesmo como eu gosto…rsrsrsrsrs… É frontal e não leva desaforo para a casa; Gosta de estar confortável, como eu, e não liga a modas; É daquelas em que, ‘raspada’ a camada nortenha que assusta a mourama, é só delicadezas e amizade. Adoro essa rapariga. Pena é não estarmos mais perto. Beijo.
Ah, não sei se consigo cumprir a promessa de escrever todos os dias (ainda é só dia 04 e já estou a fazer previsões de fracasso…rsrsrsrsrs), mas vou tentar.
E só para que conste: Todas as fotos publicadas este ano são minhas.

Read Full Post »

BOAS FESTAS!!!!!!!!!

Eu sei que tenho deixado este cantinho abandonado, mas uma das metas para 2010 é escrever com mais frequência.
De qualquer forma, a todos – sejam católicos, muçulmanos, budistas, etc -, eu desejo BOAS FESTAS!!!!!

Read Full Post »

Recebi, esta semana, um email com uma entrevista que não conhecia. Infelizmente, também não conheci o entrevistado. Pena… Gostaria de ter tido a oportunidade de conversar com este grande homem.
O email apresenta a entrevista que o jornal «Público» fez ao jornalista João Mesquita em 2007 e diz:
“Apesar da sua extensão, apelo à paciência de a lerem até ao fim. Vale a pena, quanto mais não seja, pela reflexão.
Há uma coisa que eu não entendo: uma pessoa como o meu saudoso Amigo João Mesquita, unanimemente considerado um “grande Jornalista” (e foi!) e um “grande Homem” (também foi!); homenageado por muitas individualidades e sectores da vida nacional, passou os últimos anos da sua vida sem emprego e com dificuldades económicas sérias, que envolveram a sua Família mais directa. Então, os melhores cargos não deveriam ser para os melhores – e João Mesquita era considerado um jornalista corajoso, sério e um dos melhores entre os seus pares? Onde estávamos nós todos que deixámos isso acontecer? Que esperamos agora, como jornalistas? Que podem esperar as novas gerações de jornalistas?
Permitam-me que compartilhe as palavras da referida entrevista que, certamente, só alguém distraído como eu deixou passar na altura da sua publicação – mas ainda vai a tempo, dada a sua actualidade…”.
Eu também andei distraída. Mas, esta entrevista tem muito, também, da minha vida…
Entrevista:

Read Full Post »

O sol nosso de cada dia

Lembram da música da Marina (ainda antes de acrescentar o Lima?): “Vem chegando o verão…”.
Bem, pois até hoje ainda não consegui assimilar que estamos a meio do verão. Quando saio de casa, de manhã, ainda uso uma jaqueta de ganga, lá pelas 11 eu a tiro, e no final do dia volto a pôr. Para não dizer que ainda não fui beijada pelo sol, saímos num sábado para dormir num moinho, em Rio Maior. Loucura… Adorei. O moinho estava ocupado, então reservamos a casa do moleiro. Tão rústica, tão linda… moinho rio maior1

E a piscina???

moinho rio maior2

Foi um fim-de-semana mágico…

moinho rio maior3

Daqueles em que a gente pensa: “Puxa… vale mesmo a pena!”moinho rio maior4

moinho rio maior5

Read Full Post »

Older Posts »